16 de nov de 2016

Como investir na bolsa de valores

Aprenda dicas simples para fazer seu dinheiro render Aplicar seu dinheiro em renda variável pode ser muito mais simples do que voc... thumbnail 1 summary
Aprenda dicas simples para fazer seu dinheiro render
Aplicar seu dinheiro em renda variável pode ser muito mais simples do que você imagina. Para tornar-se um investidor de sucesso, confira as dicas:
Abra uma conta em uma corretora
Para investir na bolsa de valores, é necessário ter conta em uma corretora de valores mobiliários. É importante que a instituição escolhida seja credenciada na CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e na Bovespa, pois somente assim você terá certeza de investir em ações com segurança.
Na maioria dos casos, é bem simples abrir uma conta e você pode fazê-lo gratuitamente no site das corretoras. O processo costuma ser ágil: em menos de 24 horas, a conta é aberta e pode-se começar a comprar e vender ações.

Defina o seu perfil de investidor
Existem três perfis básicos de investidor com os quais você pode se identificar:

  • Conservador: o perfil conservador prima por segurança em seu capital e concentra-se em investimentos com rentabilidade mais modesta, que ofereçam menores riscos. Dessa forma, evita investimentos com possibilidade de lucros mais significativos, no qual o risco é proporcionalmente maior.
  • Moderado: o investidor de perfil moderado possui maior flexibilidade com relação ao risco. Normalmente, busca se proteger da volatilidade, quando julga ser um mau momento, mas aceita um risco maior em busca de lucros altos quando acredita ser um momento favorável.
  • Agressivo: os investidores com perfil agressivo buscam retornos expressivos, com o máximo de lucros possíveis, mesmo que, para isso, tenham que lidar com riscos altos.
Existem ainda três prazos de oportunidades principais, entre os quais você pode optar: day-trade, curto prazo e longo prazo. Cada uma possui suas características, vantagens e desvantagens.
No day-trade, as operações são iniciadas e encerradas no mesmo dia. Essa é a modalidade mais emocionante da bolsa de valores, quando em minutos pode-se comprar e vender ações em busca dos melhores resultados. Ela possibilita que um investidor opere um volume financeiro maior do que nas outras modalidades, usando outros investimentos como margem de garantia. Assim como apresenta maiores possibilidades de lucro, também possui maiores riscos. Essa modalidade é indicada para pessoas de perfil investidor agressivo.
  • O curto prazo diz respeito a operações que vão de um dia a duas semanas. Essas operações possuem um bom retorno e risco reduzido. Por isso, podem ser a escolha de investidores de perfil moderado.
  • Já o longo prazo é indicado para pessoas mais pacientes e com pouco tempo para investir. O objetivo dessas operações é aplicar em empresas com grande perspectiva de ganho em um longo período de tempo. Por esse motivo, é uma modalidade muito explorada por investidores com perfil conservador.
Apesar das características específicas de cada uma dessas possibilidades, é sempre indicado diversificar. Por isso, não se limite! Busque investimentos que mais se adequem ao seu perfil e que atendam às suas necessidades.
Conheça os diferentes tipos de análise
Investir na bolsa de valores requer muito conhecimento. Existem dois tipos principais de análise que devem ser considerados: a análise técnica e a análise fundamentalista. Ambas são importantes, mas o perfil e a estratégia de cada investidor definirão qual deve ser observada mais atentamente.
A análise técnica é mais utilizada por quem opera em day-trade e curto prazo. Ela considera os movimentos de mercado e reúne uma série de indicadores que possibilitam sugerir com o maior grau de assertividade como uma determinada ação se comportará em um curto período de tempo.
Já a análise fundamentalista considera as especificidades de cada empresa. Ela é mais utilizada em investimentos de longo prazo, uma vez que, nesses casos, o investidor deve considerar aspectos como o rendimento da empresa, sua capacidade de produção e endividamento, entre outros fatores.
Comece a operar
Sabe aquela famosa cena em que os corretores ficam gritando na bolsa com um telefone na orelha? Ela não existe mais! Hoje em dia, todas as operações são 100% virtuais. Isso representa um ganho significativo para os novos investidores, que podem operar por conta própria utilizando uma plataforma chamada Home Broker.
Por meio dessa interface, é possível investir em ações na bolsa de valores diretamente da sua casa, com apenas alguns cliques. As corretoras normalmente possuem seus próprios home brokers e você pode escolher aquele que melhor se adapta às suas necessidades.
Estude muito!
O mercado de ações é um universo à parte, com uma linguagem própria, inúmeras variáveis e grandes possibilidades de ganho financeiro. Mas também é um ambiente perigoso para aventureiros. Por isso, invista tempo para aprender o máximo possível e aumente consideravelmente suas chances de sucesso.

Nenhum comentário