23 de nov de 2016

Conheça quais serão as melhores opções de investimentos em 2017

Muito além das tradicionais aplicações bancárias, fazer um investimento significa rentabilizar cada vez mais o seu dinheiro. Em 2017, a exp... thumbnail 1 summary
Muito além das tradicionais aplicações bancárias, fazer um investimento significa rentabilizar cada vez mais o seu dinheiro. Em 2017, a expectativa é de que o país inicie a retomada do seu crescimento e, portanto, esse pode ser o momento ideal para você aproveitar as melhores oportunidades em diferentes setores. Sendo assim, abra sua mente e confira quais serão os melhores investimentos para o próximo ano. Tenho certeza que você irá se surpreender!
  1. Investimentos produtivos– trata-se do investimento realizado diretamente em empresas.  Ele acontece quando você investe seu capital em um negócio próprio ou em uma franquia, por exemplo. Assim, você terá que participar da produção dos frutos de sua “lavoura”, diferente de outros investimentos que, em geral, necessitam de menos dedicação. Mas, apesar de ter mais trabalho, nesse modelo você tem maior controle sobre seu o destino e uma maior possibilidade de ganhos.

Mas, como não é novidade, empreender tem seus riscos. Portanto, é preciso cautela. Se você quer abrir um negócio, teste o seu modelo antes de mergulhar de cabeça na ideia. Agora, se você prefere ter mais segurança, uma excelente opção é abrir uma franquia. Existem centenas de alternativas e chances de você encontrar uma marca adequada ao seu estilo e ao seu bolso. 

Segundo dados da Associação Brasileira do Franchising, o faturamento do setor cresceu nominalmente 7,9% no primeiro semestre de 2016, atingindo a marca de R$68,9 bilhões. E, para 2017, a expectativa é que continuem a ganhar cada vez mais mercado. 
Dentre os principais setores, vale a pena apostar em marcas que acompanham as tendências dos consumidores ou têm maiores chances de sucesso diante do nosso cenário econômico atual, como as relacionadas ao mercado de alimentação saudável e natural, a otimização de tempo do consumidor e as voltadas para a prestação de serviços para idosos. 
Outra oportunidade dentro desse modelo de investimento é apostar em revendas, licenças e concessionárias que, normalmente, apresentam mais flexibilidade do que as franquias e são indicadas para quem já tem alguma experiência em gestão, em um segmento específico ou, até mesmo, já possuem outro negócio.
  1. Investimentos financeiros– como você pode imaginar, existe uma infinidade de possibilidades quando falamos nesse modelo de investimento, que vão desde a tradicional poupança e fundos DI até títulos de dívida pública, de dívida de empresas, ações e índices de commodities.
Os investimentos financeiros possuem grande flexibilidade, pois através deles, é possível investir indiretamente em outras categorias de investimento. Por exemplo, você pode comprar uma ação da bolsa de uma empresa e, indiretamente, estar investindo em uma empresa que obtém seus ganhos através de investimentos produtivos. Ou ainda, você pode investir em um fundo atrelado ao mercado imobiliário e lucrar (ou perder) com a valorização do preço dos imóveis.
Essa infinidade de possibilidades, boa liquidez e facilidade de adquiri-los, faz dos investimentos financeiros a segunda melhor opção quando o assunto é alocação de capital. Mas, é preciso estar disposto a correr riscos. 
  1. Investimentos imobiliários– velho conhecido dos brasileiros, trata-se do investimento mais seguro em longo prazo. Desde os tradicionais imóveis comerciais e residenciais até as opções chamadas “condo-hotel“, unidades autônomas de um empreendimento hoteleiro que você adquire e ganha o aluguel com base na taxa de ocupação do empreendimento são excelentes oportunidades. 
Para 2017, a expectativa é que os preços de imóveis permaneçam atraentes durante todo o ano, voltando a se recuperar apenas em meados de 2018. Sendo assim, do ponto de vista do investidor que tem capital para diversificar e que deseja proteger seu dinheiro e não precise liquidez, será um bom ano para investir em imóveis.
  1. Investimento em metais preciosos– mais raro que os demais, investir nessa categoria de ativos, como ouro e prata tem se mostrado um bom investimento, principalmente,  durante os períodos de incerteza em que estamos vivendo. Entretanto, é preciso estudar um pouco, uma vez que existem diferentes formas de investir nesse metal, como através de contratos de ouro, compra de ações de mineradoras, ouro físico ou escritural.
Essas são apenas algumas opções e escolher qual investimento mais adequado para você não será uma tarefa simples. 
Bons Negócios!

Um comentário