18 de nov de 2016

Saiba como aproveitar as promoções sem cair em armadilhas na Black Friday

A data em que lojas prometem ofertas imperdíveis também exige muito cuidado por parte do consumidor. Tradicional época de promoç... thumbnail 1 summary

A data em que lojas prometem ofertas imperdíveis também exige muito cuidado por parte do consumidor.

Tradicional época de promoções nos Estados Unidos, e recentemente absorvida pelo comércio brasileiro, principalmente na internet, a Black Friday está marcada para o próximo dia 25 de novembro. É a chance de comprar aquele produto da lista de desejos — mas também de cair em armadilhas de descontos enganosos ou sites falsos, por exemplo.


De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, a estimativa de faturamento para a data, neste ano, é de R$ 2,14 bilhões, alta de 18% em relação ao mesmo período de 2015. A expectativa é de que as lojas virtuais brasileiras recebam 7,63 milhões de pedidos, com valor médio de R$ 280. Ou seja: internautas brasileiros importaram sem nenhum constrangimento a ideia.
Especialistas afirmam que, controlando-se o consumismo, pode ser uma boa ocasião para comprar eletroeletrônicos e itens para a casa a preços baixos. Uma pesquisa do Mercado Livre mostrou que a maior parte da população (64%) está disposta a pagar à vista caso encontre bons descontos na Black Friday, evitando dívidas. Trata-se de uma forma inteligente de antecipar o consumo sem criar dor de cabeça para os meses seguintes.
— O consumidor está mais consciente, entende a importância de comparar preços, e está se preparando para um possível pagamento à vista caso a promoção seja agressiva — diz Leandro Soares, um dos diretores do Mercado Livre.
Com inúmeras lojas do e-commerce oferecendo descontos, sites que comparam preços e permitem checar se as promoções são verdadeiras podem dar alguma salvaguarda aos    compradores, como Econovia Buscapé
. Há bons serviços que alertam quando determinado produto bate no preço desejado.
Um dos riscos da Black Friday são os anúncios enganosos, quando se apresenta um suposto desconto que, na realidade, é o preço normal do item — o famoso "tudo pela metade do dobro". A recomendação é reforçar os cuidados: saber, desde já, o valor médio dos produtos que se busca, para julgar se as promoções são quentes, analisar a reputação das lojas e ter atenção redobrada com eventuais custos extras.

— Muitas vezes, o frete não está incluso no valor da compra, então é preciso ficar atento à essa cobrança. O vendedor é obrigado a deixar clara essa informação — sugere Quintiliano Andrade, gerente de desenvolvimento de sistemas da Soluti.

COMO APROVEITAR

ENCONTRE AS MELHORES OFERTAS

— Aproveite para antecipar as compras de Natal ou garantir aquele produto que há tempos pretende comprar. Muitas vezes, as condições valem a pena.
— Prefira pagar à vista no boleto ou em uma só vez no cartão, para evitar dívidas nos meses seguintes.
— Esteja atento também a opções fora do varejo: passagens aéreas e até investimentos em corretoras prometem entrar no clima de Black Friday.
— Baixe aplicativos e veja sites que comparam ofertas e mandam alertas para as melhores promoções.
— Se algum produto realmente interessar, garanta a compra na hora, pois os sites costumam fazer um "rodízio" de ofertas enquanto há produtos de estoques.
— Dê uma olhada nos livros: lojas costumam fazer o torra-torra de títulos mais antigos nesta data. É uma chance para renovar a biblioteca.

CUIDADOS AO COMPRAR

— Verifique se o site é confiável para informar dados de cartão de crédito ou da conta bancária. As lojas seguras têm o Certificado de Segurança SSL – encontrado na barra de endereços – e devem conter um cadeado verde clicável.
— Prefira sites conhecidos, em que você já tenha comprado ou visitado, para evitar cair nas mãos de algum portal "aventureiro" que tenta se aproveitar da euforia.
— Avalie a reputação do vendedor em sites como Reclame Aqui, Buscapé ou fóruns de debates de consumidores. Alguns serviços, inclusive os Procons, fazem mutirões especiais na Black Friday.
— Faça, desde já, uma pesquisa prévia nos preços dos produtos que o interessem. No próximo dia 25, você terá certeza de que as ofertas anunciadas são ou não vantajosas.
— Desconfie de ofertas milagrosas: descontos muito atrativos podem ser uma armadilha para chamá-lo a um site pouco confiável.
— Fique atento às condições de entrega: muitas vezes, o frete não está incluso no valor da compra e pode encarecer em demasia o produto. Também observe os prazos de entrega, que podem ser maiores no dia de ofertas.

Nenhum comentário